terça-feira, 22 de junho de 2010

Notícias: Finalmente o Top Secret da Devir revelado...


Buenas vermes!

Para quem não sabe, a alguns dias atrás a Devir estava com uma campanha viral em seu site a respeito de um projeto chamado Top Secret. A campanha consistia em uma imagem de um escritório com diversas pistas plantadas, sugerindo o novo livro de RPG que seria lançado pela Devir. Pelas imagens, eu suspeitava que fosse a versão do Call of Cthulhu em portugas. Agora, finalmente saberemos que eu...


...

Errei miseravelmente!

A Devir lançou agora pouco em seu site qual será o novo livro lançado, e acredito que irá alegrar muitos Rpgistas que a tanto tempo aguardam.



O novo livro da Devir é o:





Abaixo um texto que copiei descaradamente do site da Devir com o pronunciamente do Otávio, o editor da dita cuja:

"É com muito prazer que trazemos de volta para o Brasil o primeiro RPG lançado pela Devir a 19 anos e o mais completo RPG do mundo! GURPS, em sua Quarta Edição!

Lançado em português pela Devir Livraria em 1991, o GURPS foi importantíssimo para o desenvolvimento do RPG no país, tendo 15 suplementos traduzidos ao longo de sua história, além dos diversos mini-GURPS produzidos pela própria Devir Livraria, e lançados sob licença da Steve Jackson Games.

De acordo com a filosofia de Steve Jackson “Por que os jogadores têm que aprender regras novas sempre que decidem mudar de universo ficcional?”, o GURPS foi criado e hoje é, sem dúvidas, o melhor Sistema Genérico de RPG.

* Com ele, é realmente possível criar QUALQUER personagem que você for capaz de imaginar e fazer com ele o que lhe vier à mente;

* O sistema de regras é simples, embora seja possível adicionar a ele o nível de complexidade que o Mestre desejar! Além disso, o sistema é baseado no realismo e foi criado para se adaptar a qualquer situação... o que nos leva à sua maior vantagem;

*

O GURPS é realmente genérico. Com ele é possível simular qualquer cenário, desde a Idade da Pedra, até a fantasia medieval, a era vitoriana, cenários atuais, reais ou fictícios, ou os mais variados futuros, desde o apocalíptico ou cyberpunk até as explorações espaciais;

* Por último, o livro é apresentado de modo a tornar possível uma boa interpretação – na verdade, encorajá-la.

Muitos devem estar se perguntando, por que o GURPS? Por que agora?

Bom, eu acredito no RPG! Acredito no ideal de unir um grupo de pessoas em torno de uma mesa – longe do computador pra variar um pouco – onde todos ajudam a criar uma história. Acredito no potencial do RPG como ferramenta para a diversão, reflexão, aprendizado e união. E acho que ele pode oferecer algo de bom às pessoas... a qualquer pessoa, independente do que ela gosta! Mas como atingir essas pessoas?

Outros sistemas atingem determinado público, maior ou menor, mas normalmente estão limitados a uma temática que muitas vezes não apresenta um apelo ao público ligado em outras ondas, como Animes, uma temática Teen, etc. Mas GURPS não, com GURPS realmente é possível criar qualquer coisa, atingir qualquer público. Portanto, respondo por que GURPS? Porque se trata de um projeto para o RPG nacional, sua revitalização e expansão. Claro que não podemos esperar que qualquer pessoa pegue um livro de GURPS em mãos e comece a criar suas próprias histórias, ele apresenta suas próprias complexidades, mas como eu disse, é PARTE de um projeto, e esse é só o começo...



O Livro 1 já está pronto e será lançado em JULHO. Inicialmente não fizemos um anúncio de seu lançamento, o que acabou gerando a brincadeira do Top Secret ao longo desse processo insano de preparar o GURPS Módulo Básico: Personagens em cerca de 6 semanas para vocês.

Agradeço a todos que participaram e se divertiram com as pistas propositalmente difusas que espalhamos por ai (afinal, qualquer coisa mais óbvia não seria um desafio) e espero de coração que vocês tenham gostado da surpresa! Agora ficamos devendo o Módulo Básico: Campanhas para vocês, mas vamos tentar colocar no site quaisquer tabelas ou informações importantes do Livro Dois, antes mesmo de lançá-lo."


Atenciosamente,
Otávio A. Gonçalves
Editor – Devir Livraria
otavio@devir.com.br
Twitter: @otavio_devir




O que eu acho? Porra, que ótima sacada da Devir. Eu sempre ouvi muitos jogadores de RPG chorando as pitangas porque a Devir não havia lançado a 4ª Edição do GURPS.

De certa forma foi muito bom eu ter errado no meu palpite (Call of Cthulhu), pois em breve teremos o Trail of Cthulhu lançado pela RetroPunk.

E quem acompanhou a campanha viral da Devir, pode acessar o site dela por aqui e ler o que cada pista significava.

O lançamento foi programado para Julho de 2010 (mês que vem porra). Então é isso vermes, que venha o GURPS 4ª Edição pela Devir.

Nos vemos no próximo post.

31 comentários:

  1. Taí uma ÓTIMA notícia! =D

    Uma das coisas que mais me deixavam puto com a Devir era o não lançamento da 4ª edição de GURPS!

    Ultrapassou Tormenta RPG na minha lista de lançamentos de RPG mais aguardados!

    ResponderExcluir
  2. Pois é!

    Parece que o Otávio está mesmo acertando com os Rpgistas.

    Apesar de tu não ir com a cara da 4ª Edição do D&D, numa coisa tu tens que concordar Oráculo. O D&D nunca teve tantos lançamentos no Brasil quanto agora, que o Otávio é o manda chuva.

    Eu particularmente torço bastante pelo Otávio. Talvez isso seja uma forma de ele nos compensar por todas as cagadas anteriores da Devir. HUahuhuahua.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  3. AAAALEEEELLUUUUUIIIIAAA
    PELAMORDEDEUS!!!
    ME BELISCAAAA QUE EU NÃO TO ACREDITANDO!

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Caras,

    GURPS foi o 2º sistema que joguei (antes era o D&D da Grow) e na epoca foi um GRANDE passo, quase uma revolução no modo que a gente enchergava o RPG.

    Sinceramente nem sabia que havia uma versão nova (além do mini-GURPS) mas fico muito feliz de ver que ele ainda esta na area.

    ResponderExcluir
  6. @O Trapaceiro

    Na verdade eu estava mais por fora da linha D&D4 do que bunda de indio, por isso resolvi consultar o site da Devir e vi que tinham uns 8 livros lançados.

    Levando em consideração que o Livro do Jogador foi lançado em Maio/2009, é uma quantidade de livros bem grande em menos de 1 ano.

    Eu, de fato, não gosto da 4ª edição do D&D (e eu juro que li o maldito livro de cabo à rabo), mas ainda assim, como fã de RPG torço para que tenhamos sempre bons lançamentos e em quantidades crescentes, o que mostra que o tal do Marcelo Telles só falava merda quando veio com a tenebrosa "crise no RPG" - parece coisa da DC (Crise nas Infinitas Terras, Crise no Tempo, Crise Infinita, Crise Final, e por aí vai).

    Dos lançamentos recentes da Devir eu só acompanhei o livro básico do novo Mundo das Trevas (que aliás estou gostando bastante), mas com certeza serei um feliz proprietário de GURPS 4ª edição =D

    ResponderExcluir
  7. nunca fui mto fan de gurps tetamos jogar umas 3 vezes n gostei mto naum(se prepara pra desviar das pedras)

    ResponderExcluir
  8. Não se preocupe adrianocln, para as pedras voarem, é somente fazendo a piada sobre cavar um buraco em GURPS (opa, desviei de uma) hehehe.

    Brincadeiras a parte, essa tarde eu estava lendo os comentários sobre o lançamento do GURPS 4th na comunidade RPG Brasil, e lá um individuo disse que há algum tempo atrás, um carinha tentou calcular no GURPS, quantas moedas seriam possíveis introduzir no reto de um Burro. Hhahahahaha.

    Tem cada louco!

    Abraços pessoal.

    ResponderExcluir
  9. realmente tem louco pra tudo no mundo e com ctz os fans de gurps deviam estar se gabano no topico pelo sistema tornar possivel esse incrivel feito

    ResponderExcluir
  10. Eu me junto ao adrianocln pelo fato de não gostar de GURPS. (ai, essa pedrada doeu...) Certa vez cheguei a criar um personagem, mas na hora do jogo não rolou, nem lembro porque.
    Pior foi outro dia, quando conversava com um amigo e descobrimos que ambos somos loucos por RPG.
    Aí perguntei: Qual sistema vc joga?
    Ele respondeu: GURPS
    Aí eu perguntei: Tá, mas vc joga algum RPG de verdade???
    (ai, ai, ai ai ai, ui, ai...)

    ResponderExcluir
  11. Eu fui mestre de RPG(e acho que aindo sou) a muito tempo , e me lembro que minha campanha durou quase 2 anos!! e adorei quando o ultimo personagem morre(finalmente) e adivinha qual era o meu sistema, GURPS.
    Porem eu começei com o HERO QUEST KKKKKK.
    Bom o caso do relançamento é otimo pois eu usava o mini GURPS , pois o meu modulo basico eu havia perdido, acho que a oportunidade de ter um novissimo GURPS de novo realmente pode tornar ascender a chama do RPG no brasil.

    ResponderExcluir
  12. Não entendo essa implicancia com Gurps.

    AD&D tem muito mais regras do que Gurps e ninguém reclama. Enquanto o sistema do titio Steve Jackson (o outro) tem apenas 3 regras importantes (testes de habilidade, avaliação de dano e testes de reação).

    Até mesmo o famoso sistema D20 que dizem ser simples também tem suas complexidades com seus bonus de melhoria, sinergia, sodomia, putaria...

    Tirando como exemplo nossa mesa virtual de AD&D eu mandei a maioria das regras pro inferno e deixo quase tudo por conta do bom senso com pouquíssimas rolagens de dados.

    RPG de verdade? Ok, RPG é a sigla para roleplaying game ou jogo de interpretação de papéis. Se você está interpretando um papel e contando uma história está jogando RPG, não importa se está usando as regras de gurps, d&d, poker, purrinha...

    Se a pessoa realmente tem necessidade de saber quantas moedas cabem no cu de um burro ela o fará em gurps, d&d, 3d&t, toon ou qualquer outro sistema. Agora se a pessoa se importa em de fato contar uma história ela também o fará independente do sistema e isso ocorrerá bem ou mal dependendo dos jogadores e não das regras.

    Então pra quem acha que pra jogar RPG deve aprender um sistema de verdade, só tenho a lamentar... Talvez falte são roleplayers de verdade. (tá bom, agora EU me esquivo das pedras!)

    ResponderExcluir
  13. Pô Oráculo, era só zuera cara...

    ResponderExcluir
  14. Em termos de sistema GURPS é bem melhor que D&D e ainda abranje qualquer tipo de temática em crônica, quem já jogou sabe que depois de fazer a ficha vc sente o personagem vivo, pois ele não é só um monte de números e habilidades extraordinárias, ele tem psicológico tem defeitos peculiaridades, não estou dizendo que não dá para fazer isso no D&D, mas em GURPS o sistema já contribui para esse fim, pois os personagens ficam mais detalhados consequentemente mais concretos. E não venham com essa que GURPS é difícil e tem regra pra tudo, pq no próprio livro esclarecem que dependendo do nível da realismo da campanha o mestre pode optar por vários graus de complexidade e até o mais detalhado não é tão difícil assim de entender afinal todo bom RPGista gosta de ler.

    ResponderExcluir
  15. @Barcellinux:

    É claro que eu sei que foi brincadeira. O meu comentário também foi irônico!

    Mas sinceramente, essas disputas entre sistemas são tão anos 90...

    ResponderExcluir
  16. Fala ai galera...andei lendo os tópicos e não me interressou muito o lançamento de Gurps 4ª Ed. pra falar a verdade nem menos ainda a 4ª Ed. de D&D....mas o que me interressou mesmo foi a possibilidade de saber QUANTAS MOEDAS CABEM NO FIOFÓ DE UM BURRO hahahahahah....brincadeiras a parte...gostei da colocação do oráculo...RPG é Interpretação...quando eu conto uma estória do MIMO MAU (lobo mau) pro meu gurizão de 2 anos, eu estou brincando de RPG com ele...essa é a questão...este é o sistema...e dane-se o resto (viva o AD&D) hehehe Abraço a todos...

    ResponderExcluir
  17. de fato ficar discutindo qual sistema eh melhor eh coisa do passado cada um tem suas peculiaridades e cada jogador ira se identificar mais com determinado sistema mas isso n torna os outros melhores ou piores so espero q esse lançamento traga ar freso ao rpg nacional(o q eu duvido mas essa eh uma opniao pessoal)

    ResponderExcluir
  18. É minha opinião e acho o GURPS BEM MELHOR que o D&D principalmente do que esse 4° edição, mas cada um com seus botões!

    ResponderExcluir
  19. Gurps da devir Meu 1º RPG tinha 15 aninhos :)
    joguei por anos. exelente provavelmete comprarei pra matar saudades
    mas me identifiquei mesmo foi com o ad&d
    q mestro ate hoje (apesar de não ter uma certa frequencia)me lembro da epoca fiquei alucinado
    comprei tudo na epoca, pena q só conheci o site agora senão teria ajudado vcs com os scans tenho todo o materia bem guardado
    (tenho ate os dados e uns bonequinhos de plastico) deu trabalho mesmo foi completar o spellfire. rsrsrs

    ResponderExcluir
  20. Cinco anos de atraso, isso se o livro sair mesmo em julho, o que eu duvido e muito. Nenhuma empresa séria se presta a esse papel.

    ResponderExcluir
  21. tudo indica q o livro vai mesmo sair mas o ponto fraco n eh esse e sim o fato de q precisa de mais um livro pra poder jogar plenamente so q eles vaum esperar o sucesso do 1 pra lançar o 2 ae se n fizer o sucesso q eles esperam quem comprou o q vai fik na mao isso axo foda

    ResponderExcluir
  22. Se isso fosse tão terrível assim eles não lançariam D&D que precisa de TRÊS livros!

    Em nenhum ponto do texto eles disseram que vão esperar o 1º livro vender pra decidir lançar o segundo. Ainda assim em QUALQUER série, seja de RPG ou não, a editora espera os resultados pra poder continuar, afinal eles tem uma folha de pagamento e os custos de produção.

    Não arrisco sobre os suplementos, mas acredito firmemente que os dois livros básicos serão lançados. Lembrando que só o 1º é extremamente necessário, por isso ainda vai dar pra jogar muito gurps antes do lançamento do livro 2, exatamente como fizemos em todas as edições de D&D desde a Abril Jovem.

    ResponderExcluir
  23. Boa notícia! Quanto mais, na minha opinião, melhor. Ainda mais se a linha de diagramação e tradução continuar na linha dos livros lançados de D&D quarta edição.

    Abraço a todos.

    Patesi.

    ResponderExcluir
  24. Eu ainda duvido desse lançamento. A Devir me deu 5 anos de motivos pra isso.

    ResponderExcluir
  25. eu tb

    como diria o grande filosofo silvio santos
    eu soh acreditoooh... veeeendoooh

    ResponderExcluir
  26. Duvido que eles tenham feito essa presepada toda pra no fim das contas dar pra trás. Isso afundaria de vez o nome da empresa com o seu público.

    Mas eu me lembro bem dos constantes atrasos dos livros da 3ª edição, portanto, o seguro morreu de velho.

    Contudo, o tal Otávio anda fazendo um bom trabalho à frente dos lançamentos de RPG, então ainda dá pra ter boas espectativas em relação à Devir.

    E a nível de curiosidade, o livro vai ser em P&B pra ficar mais acessível (traduzindo: mais barato). É a Jambô fazendo escola!

    ResponderExcluir
  27. Livro P&B eu não pago mais que 30 reais.

    ResponderExcluir
  28. E desde quando as cores do livro tem relação com a qualidade?

    Vampiro: A Máscara: R$ 45,00 - preto e branco;

    O Mundo das Trevas: R$ 52,00 - preto e branco;

    Mutantes e Malfeitores: R$ 39,90 - preto e branco.

    Isso só pra citar alguns ótimos RPGs que foram lançados aqui no Brasil, sendo que o Mutantes e Malfeitores original é colorido.

    Pela quantidade de páginas que tem o livro básico de Gurps, duvido que o livro saia por menos de R$ 50,00, mesmo sendo em preto e branco, mas isso não muda em nada a qualidade do texto. Lembrando também que os livros de Gurps sempre foram em preto e branco e sempre foram ótimos.

    ResponderExcluir
  29. "Livro P&B eu não pago mais que 30 reais."
    então se contente com jogos ruins.pois se vc tem isso de não pagar muito por ser preto e branco,é o mesmo que não gostar do livro pela capa.
    lamento por essa sua opnião(como diz o ditado:gosto não se discute,se lamenta)...
    no mais,parabens ao otavio.e lets go rumo à realidade quarta edição ishausahas

    ResponderExcluir
  30. Eu não paguei mais que 30 na edição anterior, e foi um ótimo livro.

    E não coloque palavras em minha boca, eu não disse que o valor tem ligação com qualidade, disse que não pago mais que 30 reais num livro que não tem qualidade gráfica, isso não tem ligação alguma a qualidade de conteúdo, que sendo GURPS é certeza de ser coisa boa.

    Tenho todos os GURPS antigos, paguei com satisfação por todos eles, porque sabia que eram ótimos livros, mesmo tendo ilustrações horríveis e papel de embrulhar pão.

    kazuyataz, sua capacidade de criar metáforas e entender um texto é tão deturpada que nem me dou o trabalho em rebater suas palavras...

    E ai, já deu agosto e ainda não vi esse livro em livrarias, cadê os estagiários da Devir pra vir falar merda?

    ResponderExcluir
  31. Até dia 31 ainda é agosto então o mínimo que podemos fazer é esperar.

    Mas em se tratando de Devir, dia 01/09 já poderemos reclamar mesmo...

    ResponderExcluir