quinta-feira, 29 de julho de 2010

Downloads [Sistema D20... ou não] - Manual 4D&T

Saudações, terráqueos!

Novamente o Oráculo vem aqui trazendo novos-velhos RPGs para a alegria da garotada!

Dessa vez trazendo algo que vai deixar os puristas old-school de cabelos em pé, olhos grandes e boca miúda...

...

Após o lançamento da Licença Open Game da Wizards of the Coast que permite a qualquer empresa publicar livros usando as regras do poderoso Sistema D20, alterando-as à vontade, muitos novos jogos surgiram.

Mas a licença da Wizards não trouxe apenas jogos novos, como também novas versões de jogos já consagrados. E é justamente essa a idéia do livro que vos apresento hoje.

O Manual 4D&T foi lançado para ser a nova edição do já conhecido 3D&T, um dos RPGs mais jogados no país. Mas o número 4 não está ali a toa. Ele também indica o número de dados usados nos testes!

Sim, apesar de ter muitas regras parecidas com o Sistema D20, 4D&T usa sempre quatro dados comuns de seis faces, que você pode roubar daquela velha caixa de War, Banco Imobiliário ou comprar em qualquer armarinho da esquina.

4D&T é um RPG sobre heróis de animes, mangás ou games, assim como o seu antecessor 3D&T. Mas a estética mangá é bem mais forte nesta versão e isso é visivel nos Talentos e Defeitos (você pode ter um robô gigante, ou até mesmo SER o robô gigante!).

Do ponto de vista das regras pouca coisa mudou em relação ao D20 padrão de Dungeons & Dragons. As raças são ligadas à animes como Youkais, Aliens, robôs. Já as classes são apenas três: combatente, conjurador e especialista.

Perícias e Talentos funcionam da mesma maneira que em D&D, e ainda temos os Defeitos que funcionam como Talentos, mas trazendo efeitos negativos ao personagem.

Uma grande sacada deste jogo, contudo, são suas regras de evolução de personagens. O jogo apresenta apenas 10 níveis de personagem, então se você quer uma campanha épica, ao invés de fazer personagens com 20 ou até trinta níveis e uma tonelada de poderes que você nunca vai usar, apenas aumente a escala de poder da campanha. Os personagens continuam com os mesmos níveis, mas os efeitos de seus poderes e habilidades são multiplicados por 10, por 100 ou até mais!

4D&T foi criado para ser um RPG simples e atrair os novos jogadores ao sistema D20, mas infelizmente falhou em sua missão, pois a editora JBC (famosa por publicar mangás) lançou o livro por um preço salgado para a sua proposta e sem o alcance do antigo 3D&T (que além de barato era vendido em qualquer banca de jornal). Por isso o autor Marcelo Cassaro colocou o livro corrigido e rediagramado para ser baixado gratuitamente em sua pasta no 4Shared.

4つの共有 (4SHARED)

4D&T ハンドブック (Manual 4D&T)


Sobre o Autor:
O OráculoO Oráculo é o segundo em comando no Blog do Dragão Banguela e escreve sobre nerdices em geral no Dimensão X. Mago e Inspetor de Equipamentos nas horas vagas. É fã assumido de AD&D 2ª edição, mas não liga muito pra essa história de Old-School.

9 comentários:

  1. Caramba Oráculo, que porra de caracteres estranhos é esse que apareceu?

    huauhahuahuhau

    ResponderExcluir
  2. kauskauskSUKAuskAuskauskaukUSAksuakukAuAKuAKuAKUAKUAKAUAKUAKAUkAUkAUAKuAKUAKUAKUAKUAKUAKUAK
    Isso sim é uma piada!! Trapaceiro o Oráculo se superou temos que lhe dar um cargo superior corporativo!
    Valeu ORACLE!!!

    ResponderExcluir
  3. Tudo bem, vamos aumentar a ração de pão de meia fatia para uma inteira.

    =P

    ResponderExcluir
  4. Para um RPG baseado em mangá e anime nada melhor do que usar os padrões de download do blog em japonês!

    Mas como eu sou um zero à esquerda em japonês eu joguei no tradutor do Google mesmo...

    Mas ora vejam só, um aumento! Será que não rola também um copo d'água CHEIO? Afinal meio copo é sacanagem! Se não rolar pode ser pelo menos um copo LIMPO (covis de dragão não são conhecidos por sua higiênie)!

    ResponderExcluir
  5. Caio (Kenay, o halfling)29 de julho de 2010 19:56

    [/musiquinha de novela das 9 on/]

    Me lembro q na epoca que eu comecei a jogar rpg, tava viajando por parati qd achei o manual 3d&t, aquele vermelho que vinha "de brinde" junto de uma revista da DB, jogado num canto de um jornaleiro
    Po foi a mesma alegria de achar um disco raro daqueles q vc nunca mais imagina encontrar, na epoca eu morava na capital do rio e n conhecia as lojas especializadas, pra mim o material ja tinha parado de circular nas bancas... =)
    Tenho ele até hj, a tormenta eu consequi comprar em uma banca (mas emprestei e nunca mais devolveram).
    Depois eu conheci a metropolis do méier e ai foi só alegria.

    [/musiquinha de novela das 9 off/]

    ResponderExcluir
  6. Poucos escravos são competentes hein, Trapaceiro? Acho que o Oráculo até gosta do trabalho dele!

    ResponderExcluir
  7. aew galera, soh postando pra dizer que este blog eh otimo. agora soh tenho que comprar mais uns dois HD :)

    ResponderExcluir
  8. @Vic Vega:

    Não precisa necessariamente comprar outro disco rígido. Você pode seguir a velha estratégia de economizar uma grana e comprar os que mais gostar.

    Desta maneira estará incentivando as editoras a lançar novos e melhorados produtos.

    ResponderExcluir