terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Download (Storyteller) - Aparição: O Limbo

Scream for me Banguelas!!!

Após postar um review completo de Aparição: O Limbo, eu não poderia deixar de colocar um link para download do livro...

Como eu já falei basicamente tudo o que tinha de falar no post anterior, não vou me estender demais por aqui.

Porém, uma característica muito relevante deste jogo é que aqui não somos obrigados a escolher "classes" de personagem, como os clãs, tribos, kiths, tradições, wathever... Até existem as Guildas, grupos dedicados ao estudo de um determinado Mistério (Arcanoi), mas elas foram proibidas por Charon, o "Big Boss" do mundo dos mortos, ou seja, cada Aparição é tão única quanto você puder imaginar.

As regras deste livro correspondem à primeira edição do jogo e já rola a um tempão pela net afora. Infelizmente o livro não possui capa, mas a qualidade da tradução está muito boa.


4shared

Aparição: O Limbo

6 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  2. Eu não sou a favor de publicar material da Daemon por alguns motivos:

    * Eles sempre dão um jeito de deletar o scan;

    * Os livros da Daemon são baratos (pelo menos em relação ao D&D);

    * Os livros ainda são publicados normalmente e encontrados facilmente em qualquer loja de RPG, ao contrário dos materiais que eu scaneei que não são mais publicados.

    ResponderExcluir
  3. E por que o Del Debio é Arquiteto 12, Mago 18, Arquimago 6, Lutador de Kung Fu 23, Editor 13, Meio Dragão Azul, vermelho, verde, Negro, meio vampiro, meio Licantropo atroz gigante, meio demilich, meio golem de adamante, atigiu a Golconda 2 vezes e é antideluviano...

    ResponderExcluir
  4. pow, o Mago dá moh mão na roda pra nós meros mestres de WoD, scaneia ai o Livro caçadores caçados *-*

    ResponderExcluir
  5. Eu não posso escanear um livro que eu NÃO tenho, mas eu posso catar esse livro pela net e publicar por aqui.

    ResponderExcluir
  6. Primeiro gostaria de parabenizá-los pelo blog. Vocês fazem um ótimo trabalho disponibilizando livros antigos para download.


    Gostaria de fazer algumas ressalvas sobre o jogo Wraith: the Oblivion, ou Aparição o Limbo, no português:


    1- A temática desse jogo é MUITO pesada e carregada. Ele foi pensado pra ser assim por parte dos criadores desse jogo.
    É meio difícil encontrar resenhas sobre ele na net mas caso alguém se interesse, busque informações a respeito, assim vão entender o que eu quero dizer.
    Esse jogo foi substituído pela WW por outros que tivessem uma temática interessante mas que não fossem tão pesados, tipo Hunter: the Reckoning e Mummy: the Ressurection.
    Ou seja, Wraith: the Oblivion estancou na 2ª edição, e não foi atualizado como os outros jogos.


    2- Esse jogo NÃO é recomendado para jogadores iniciantes. Como eu já disse anteriormente, devido a essa temática carregada,
    é necessário ter uma maior maturidade e experiencia nos jogos da WW antes de partir pra esse.


    3- Diferente dos outros jogos, mesmo que você seja um vampiro, lobisomem, mago, fada, caçador, múmia ou demônio, você ainda é uma criatura VIVA.
    Wraith: the Oblivion é um jogo sobre MORTE, sobre como lidamos com a morte e sobre como uma alma pode ficar presa ao mundo físico,
    sem conseguir encontrar seu destino e fadada eternamente ao sofrimento. Então, é necessário uma abstração muito forte e inteligente por parte do narrador.
    E claro, um forte auto-controle por parte dos jogadores.


    4- Assim, entende-se que Wraith é um jogo de TRISTEZA, SOFRIMENTO, DOR, e claro, HORROR ETERNO E SEM NENHUMA POSSIBILIDADE DE RETORNO, diferente de Vampiro (vide Golconda). Conheci vários grupos que jogavam todos os jogos da série, menos esse.
    São raros os grupos de jogadores que conseguem unir essa temática com diversão e entretenimento.


    5- Alguém poderia dizer: mas posso usar a "regra de ouro" e jogar como eu quiser. Sim, pode.
    Mas o cenário de Wraith e a ambientação do jogo continuam complexamente pesados e carregados.
    Dessa forma, seria necessário uma fuga grande do tema para isso, pessoalmente eu prefiro entender o jogo antes de modificá-lo,
    e isso é o mais trabalhoso em Wraith, sem sombra de dúvida.


    6- Como pode-se perceber, esse jogo NÃO FOI TRADUZIDO OFICIALMENTE no Brasil. Acredito que as ressalvas feitas anteriormente devem explicar o porquê disso.


    No mais, caso alguém se interesse, baixe e leia com calma.
    De preferência com anti-depressivos do lado, caso alguém tenha "mente frágil".


    Abraços.

    ResponderExcluir